Ângelo Venosa

Ângelo Venosa

Empreendimento: Parque Global

Por sua vez, Ângelo Augusto Venosa é um dos poucos artistas dedicados à escultura egressos da chamada Geração 80. Suas esculturas e objetos carregam indícios que remetem a eras ancestrais, surpreendendo pela estranheza e pelo caráter inquietante. Entre os materiais que dão forma ao seu trabalho estão mármore, cera, chumbo e elementos orgânicos. O resultado dessa miscelânea lembra estruturas anatômicas (como vértebras ou ossos), situando-se entre o orgânico e o artificial, a figura e o disforme: elementos característicos em sua obra, que em sua maioria explora uma horizontalidade pouco usual na escultura brasileira. Atualmente, suas esculturas apresentam uma manipulação de materiais com sobreposição de camadas de acrílico, como a que está na torre Prospect. Nelas, a clareza da estrutura é confrontada à forma final. De acordo com Venosa, seu trabalho se propõe a evidenciar o nada e o vazio. “São peças que se valem do brilho da luz, em sulcos e reentrâncias ou em placas de acrílico, que mostram o que não há. A espacialidade que se percebe nelas é proveniente daquilo que não está lá”, revela o artista.

Cadastre-se e receba novidades sobre nossos lançamentos

DESENVOLVIDO POR:7ways